Carreira em reprodução humana assistida

12/08/2009 às 15:13 | Publicado em Cursos ICS | Deixe um comentário
Tags: , ,

Entre 219 mil e 246 mil bebês nascem a cada ano no mundo graças ao desenvolvimento das técnicas de reprodução assistida. Os números foram apresentados pelo professor Jacques de Mouzon e seus colaboradores em artigo publicado na revista científica Human Reproduction, em maio deste ano. Mouzon é membro do Instituto Nacional de Saúde e de Pesquisa Médica (Inserm), na França, que coordena o Comitê Internacional para Monitoramento de Tecnologias de Reprodução Assistida. O estudo indica um aumento no número de procedimentos envolvendo as técnicas de reprodução assistida: mais de 25% em apenas dois anos, de 2000 a 2002. Os pesquisadores usaram dados de 1.563 clínicas em 53 países, mas ressaltaram a insuficiência de dados em partes da Ásia, África e Oceania. Um dos destaques do documento é o crescente aumento no número de nascimentos a partir de procedimentos de fertilização in vitro, utilizando a técnica de injeção intracitoplasmática do espermatozóide, que tem crescido mais do que a fertilização in vitro clássica.Neste contexto mundial, onde os procedimentos da área aumentaram 25% em dois anos, é importante destacar que o Brasil possui centros de excelência em reprodução humana assistida. “Os resultados obtidos, aqui, são idênticos aos dos melhores centros do mundo. Tanto é que o Brasil já se tornou o país mais importante em termos de fertilização da América Latina. 15 mil bebês gerados por fertilização já nasceram por aqui. Contamos com cerca de 190 clínicas de reprodução humana, onde são realizados quase 15.000 ciclos de fertilização, o que resulta em algo em torno de 4.000 nascimentos por ano. E esse número vem crescendo, graças à tecnologia que se desenvolve a cada dia”, afirma o ginecologista Aléssio Calil Mathias, membro do conselho diretivo do ICS, Instituto de Ciências em Saúde. “Já acumulamos conhecimento suficiente para formar bons profissionais em reprodução assistida aqui mesmo, no Brasil. Não há mais a necessidade de ir para o exterior completar a formação e buscar conhecimento, como acontecia no passado. No ICS, abrimos espaço para todos os membros da equipe multidisciplinar que desejam aprimorar seus conhecimentos: médicos, enfermeiros, embriologistas, biólogos, psicólogos”, informa o embriologista, Philip Wolff, que coordena os cursos do ICS no campo da reprodução humana assistida.
Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: